E no último episódio da nossa série sobre as fórmulas financeiras…O quê? Não está sabendo? Esse é o quarto artigo de uma série sobre as fórmulas financeiras. Já falamos das fórmulas VF, TAXA e NPER. E para fechar, vamos falar da fórmula PGTO.

A fórmula PGTO calcula o pagamento de um empréstimo ou financiamento de acordo com o número de parcelas e uma taxa de juros constante. Como sempre, vamos ver seu uso em uma situação prática.

Situação: Um apartamento de R$500.000,00 será financiado em 48 meses com taxa de 0,4% ao mês. Qual será o valor das parcelas?

Vamos separar as informações que temos para então usarmos a fórmula:

 

Temos a taxa que será de 0,4% a/m, o período de 48 meses, o valor presente é o valor do financiamento e o valor futuro é 0, pois após pagar todas as parcelas não restará dívida. Agora vamos descobrir qual o valor de cada uma das parcelas:

Dois pontos importantes a serem notados:

Primeiro, se a taxa de juros for ao mês, também deve ser o número de períodos; se for por ano, os dois devem estar por ano, e assim por diante.

Segundo, toda vez que o dinheiro está saindo, ou seja, é um pagamento, o valor será negativo, por isso o resultado foi -11.469,40. Se o resultado fosse positivo, algo estaria errado.

E com isso, finalizamos aqui nossa série com as 4 principais fórmulas financeiras do Excel e com certeza podem te ajudar no dia a dia.

Até a próxima!